WEBMAIL FALE CONOSCO
 
    HOME     MANICORÉ     AMAZONAS     NOTÍCIAS     POLÍTICA     EDUCAÇÃO     SAÚDE     CLASSIFICADOS     OPINIÃO     ENTRETENIMENTO     FOTOS & FESTAS     PUBLICIDADE     QUEM SOMOS
BEM VINDO - MANICORÉ, .  

notícia publicada em 18/04/2013 às 07:42:51

Kdé diz está preocupado com abatedouros de carde em Manicoré
A vistoria é feita para constatar se o animal abatido está livre de doenças que podem ser contraídas pelo homem ao consumir carne de animais infectados
 
Gabriel Caetano
  
 
 Créditos da Foto: Gabriel Caetano 

A população de Manicoré consome carne procedente de abatedouros clandestinos. O dado é do Conselho Regional de Medicina Veterinária, cerca de 56 municípios do Amazonas não tem abatedouro legal. Segundo a entidade, somente as cidades de Manaus, Parintins, Itacoatiara, Manacapuru, Iranduba e Boca do Acre mantém abatedouros dentro das normas legais.

O assunto foi tema de indicação do Vereador Emir França (Kdé) (PP) na Câmara Municipal ao Poder Executivo que pede um acompanhamento e controle na fiscalização sobre a origem, transporte e local de abate das carnes bovina, suína, ovina e caprina, comercializadas em Manicoré.

Para o parlamentar, “é preciso garantir o consumo de carne com segurança. “Isso é um problema de saúde pública. É preciso que a secretaria municipal de Saúde (SEMSA) e a vigilância Sanitária façam uma fiscalização nos abatedouros e organizar a cadeia produtiva. Não se pode apenas “criar” boi de qualquer jeito”, afirmou kdé.

Na avaliação do parlamentar, autor da proposta, Trata-se da falta de fiscalização por parte da Vigilância Sanitária ou de algum Médico Veterinário, “como é do conhecimento de todos, quase todos os dias se vêem carnes bovinas e suínas sendo conduzidas para açougues, de forma totalmente exposta a poeiras, bactérias, moscas e qualquer outra espécie de matéria maléfica à saúde humana. Como se não bastassem à falta de higiene no transporte desses alimentos, estes também são encontradas em açougues, sobre balcão de cimento, ou seja, desprotegidas de moscas e bactérias prejudiciais a saúde da população”, afirmou.

A vistoria do médico veterinário nos abatedouros “é indispensável para constatar se o animal abatido estava livre de doenças como a brucelose ou tuberculose, que podem ser contraídas pelo homem ao consumir carne de animais infectados.


Fonte: Folha de Manicoré



Comentários
 
 Mais notícias de Saúde
 
Deputado Platiny Soares vota a favor da recomposição sa... (v. 0)
 
Vereador Clovis indica aparelho de Ultrassonografia par... (v. 0)
 
Omissão de socorro em Manicoré revolta população (v. 0)
 
Vereador Clovis solicita medicamentos e equipamentos de... (v. 0)
 
Vereador Clovis solicita nova ambulância e terraplanage... (v. 0)
    HOME     MANICORÉ     AMAZONAS     NOTÍCIAS     POLÍTICA     EDUCAÇÃO     SAÚDE     CLASSIFICADOS     OPINIÃO     ENTRETENIMENTO     FOTOS & FESTAS     PUBLICIDADE     QUEM SOMOS

  

Travessa Pedro Tinoco - 137 - Centro - Manicoré - Amazonas
(97) 98802-8283

Email: gabrieljornalistaam@hotmail.com
Email: contato@folhademanicore.com.br

Jornalista Responsável
Gabriel Caetano
MTB 767/AM

Todos dos direitos reservados a Jornal Folha de Manicoré - Compromisso com a Verdade | Desenvolvido por Neo WebDesign